CURSO PRÁTICO DE PINTURA: TECNOLOGIAS E MÉTODOS PROCESSUAIS

Horário: 44 sessões (132 Horas) de 22 outubro de 2015 a 26 abril de 2016 (terças e quintas) | Pós-laboral (19h00 > 22h00)

Créditos: 15,5 Créditos ECTS

Formadores: Domingos Loureiro e Sofia Torres

DOMINGOS LOUREIRO

Professor Assistente Convidado na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
Mestre em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
Doutorando em Arte e Design na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
Recebeu o prémio Dr. Gustavo Cordeiro Ramos, pela Academia Nacional de Belas Artes em 2013. Membro investigador do I2ads.

SOFIA TORRES

Professora Assistente Convidada na Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto onde lecciona a unidade curricular de Atelier II. Licenciatura em Artes Plásticas – Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, 2003/2008. Efectuou estudos na Accademia di Belle Arti di Bologna, em Itália, ao abrigo do programa Erasmus – 2006/2007. Mestrado em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, 2008/2010. Aluna do Doutoramento em Arte e Design na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e membro colaborador do I2ADS (Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade). Desde 2005 participa em várias exposições individuais e colectivas em território nacional e internacional.

Destinatários:
Alunos que frequentaram o Curso Prático de Pintura II e outros alunos com treino formal em Arte ou interessados na progressão da prática da pintura de paisagem.

Como condição fundamental de acesso, os alunos que frequentaram o Curso Prático de Pintura II devem obrigatoriamente ter obtido classificação igual ou superior a 14 valores. Os alunos que não tenham frequentado o Curso Prático de Pintura II devem apresentar um portefólio ou serem submetidos a um exame prévio para avaliar as competências de participação.

Propinas:
Inscrição: 75,00 |
Estudantes, Docentes e Funcionários UP/FBAUP: 6 prestações de 100,00 Euros |
Público em Geral: 6 prestações de 116,66 |
Seguro escolar: 2,00 Euros |

INSCRIÇÕES ATÉ 08 DE OUTUBRO DE 2015.

Candidaturas e Inscrição

Para candidatar-se, selecione a opção INSCRIÇÕES ONLINE

Objetivos:

Dirigido a candidatos com formação em arte ou interessados na progressão da prática da pintura de paisagem, o curso tem como objetivo o desenvolvimento de duas vertentes específicas: o domínio técnico e a prática projetual.
O primeiro pressupõe o conhecimento profundo da técnica e a sua adaptação a um programa proposto pelo formando, num projeto individual de pintura.
A atividade projetual procura o desenvolvimento, em Atelier, de um programa assente nos interesses particulares de cada formando, encadeado com uma noção abrangente de paisa-gem, numa lógica não só epistemológica, mas principalmente pelo seu interesse contemporâneo.
O curso foca os diversos aspetos que compõem a genealogia da pintura de paisagem e procura posicioná-la num contexto atual, quer perante preocupações que afetem o género de pintura de paisagem, quer pelo uso multifacetado do termo paisagem.

Conteúdos Programáticos:

1. Atelier |Formador: Domingos Loureiro (22 sessões)
Teórico-prática:
Espaço oficinal em que se procura desenvolver uma proposta individual de pintura assente na reflexão e na prática. O Atelier será maioritariamente um espaço de aplicação prática, compreendendo a necessidade de discussão e reflexão crítica e autocrítica sobre os conteúdos, experimentações e resultados. Estão previstas algumas aulas teóricas que apoiem na concretização do projeto individual de pintura, solidificando os conteúdos e pensando o enquadramento com as práticas artísticas contemporâneas.
Objetivos:
– Desenvolvimento de um projeto individual de pintura de paisagem
– Pensar a prática e os conteúdos do projeto perante a arte contemporânea
– Aumentar a capacidade crítica e autocrítica dos formandos
– Especializar o formando em pintura de paisagem contemporânea

2. Recursos Tecnológicos da Pintura| Formador: Sofia Torres (11 sessões)
Espaço oficinal de complemento à UC de Atelier que visa o aprofundamento e especialização dos formandos em recursos e técnicas da pintura de modo a solidificar o projeto individual. O programa está diretamente associado aos interesses técnicos dos formandos, permitindo a exploração de técnicas que desconheça ou o aprimoramento no sentido de melhoramento do trabalho a realizar na UC de Atelier. Técnicas clássicas como pintura a óleo, aguarela, pastel seco e de óleo, carvão, acrílico, tempera, entre outras, serão tratadas, do mesmo modo que recursos mais recentes como o uso de impressão digital, silicone, resinas, entre outros.
Objetivos:
– Aprofundamento dos conhecimentos técnicos associados ao projeto individual
– Experimentar outras soluções e meios técnicos.
– Fomento do rigor e da primazia técnica adequada aos projetos individuais.

3. Processos Metodológicos da Pintura| Formador: Sofia Torres (11 sessões)
Unidade curricular de extensão do Atelier, em que o formando tem a oportunidade de conhecer e trabalhar com processos técnicos e metodologias da pintura recentes, nomeadamente o uso de programas de tratamento digital de imagem, processos de transferência e de impressão, bem como recursos assentes em matérias e técnicas menos convencionais.
Objetivos:Propor opções técnicas e metodológicas de pintura menos convencionais. Salientar o uso de recursos e meios tecnológicos multimédia para melhorar o projeto individual. Pensar a prática perante a arte contemporânea.

——–

Informações

Pagamento:

1ª e última prestação + seguro escolar pagos até 15 de outubro de 2015;

Prestações seguintes mensais:

100,00 Euros (FBAUP/UP)

116,66 Euros (Público em Geral)

4 prestações mensais liquidadas até ao dia 8 de cada mês.

É obrigatória a entrega da DECLARAÇÃO DE PAGAMENTO ANTES  da data de início do curso.

Número máximo de participantes: 20 (vinte)

A SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS E FEITA PELA ORDEM DE VALIDAÇÃO DAS INSCRIÇÕES.

Avaliação:

Paralelamente ao cumprimento do programa proposto, a adaptação das metodologias será de acordo com os interesses pessoais de cada formando, propondo-se como espaço de inovação tanto formal como das definições do que é a pintura de paisagem na contemporaneidade.
A avaliação será contínua, contando no final com uma avaliação geral dos trabalhos de forma a classificar os conhecimentos adquiridos e evolução, sustentada nos seguintes parâmetros:
Assiduidade, Participação/motivação, Sentido crítico, Qualidades plásticas: execução, criatividade, originalidade, Evolução, Desenvolvimento e concretização.
Avaliação quantitativa numa escala de 0 a 20 valores.

Certificação:

Público com frequência do ensino superior ou com formação graduada devidamente comprovada será emitido:

  • Um certificado de frequência quando não avaliados, embora a atribuição deste certificado dependa da frequência de pelo menos 75% do curso ou da unidade de formação;
  • Um certificado de formação contínua a quem frequentou com avaliação e aprovação um curso de atualização de conhecimentos.

Ao público sem frequência universitária ou sem formação graduada é entregue um certificado de frequência como curso livre.

A emissão e atribuição do “Certificado de Formação Contínua” ou “Diploma de Formação Contínua”, dependendo do número de créditos atribuídos, estão condicionadas à frequência do curso não excedendo o limite de faltas e obtenção de aproveitamento na avaliação de conhecimento.

Sempre que as ações de formações não possuam créditos associados o formando tem direito a receber um certificado de participação ou frequência na ação.

No caso do formando exceder o limite de faltas e/ou não obter aproveitamento após processo avaliativo, não tem direito a qualquer certificado.

Bibliografia:

BELL Julian;What is painting ?. ISBN: 0-500-28101-7
MAYER Ralph;The^artist.s handbook of materials and techniques. ISBN: 0-571-11693-0
MAYER Ralph;Materiales y técnicas del arte. ISBN: 84-87756-17-4
PUTTFARTEN Thomas;The^discovery of pictoral composition. ISBN: 0-300-08156-1
SMITH Ray;Manual Prático do Artista, Civilização Editores, 2006. ISBN: 989-550-125-0
EDWARDS Betty ; Color – a course in mastering the art of mixing colours, Penguin Group, 2004
GOTTSEGEN, Mark David ;The Painter’s Handbook, Watson-Guptill Publications, 2006
WEHLTE, Kurt – The Materials & Techniques of Painting: With a Supplement on Color Theory, New York: Prentice Hall Press, 1975.

Anúncios