A LUZ COMO MATÉRIA DA PINTURA

Horário: 04 sessões (12h) | de 04 a 12 de abril de 2016 (segundas e terças) Pós-laboral (19h00 > 22h00)

CRÉDITOS: 1 ECTS

Formador: Domingos Loureiro

DOMINGOS LOUREIRO

Nasceu em 1977, em Valongo, onde vive. Trabalha no Porto, Portugal
Professor Assistente Convidado na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
Mestre em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
Doutorando em Arte e Design na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
Recebeu o prémio Dr. Gustavo Cordeiro Ramos, pela Academia Nacional de Belas Artes em 2013. Membro investigador do I2ads. Realiza frequentemente exposições individuais em Portugal e no estrangeiro destacando-se a exposição «Considered myself as part of you» em Nova Iorque. Participou nas feiras ARCO em Madrid, Art Brussels, Next Chicago, Volta Show – Basileia, Arte Lisboa, e expôs em diversos países como Espanha, Itália, Alemanha, Japão, França, Suíça, Bélgica, e especialmente em Portugal.
Possui obra pública em Vilamoura, Valongo, e na A17 em Monte Redondo, Leiria.
Recebeu vários prémios e distinções e está representado em diversas colecções de arte como a PLMJ, o UBS Bank, e em países como Portugal, Espanha, França, Alemanha, Suíça, Inglaterra, Irlanda, Brasil, Holanda, Áustria, Japão e EUA.

 

Destinatários:

Curso aberto a profissionais do campo da produção visual, bem como a interessados com competências elementares. A componente prática é apenas demonstrativa, não sendo necessário o domínio aprofundado do desenho.

 

Inscrição: 50% do valor da propina (deduzido ao montante abaixo indicado)

Propinas:
Estudantes, Docentes e Funcionários da FBAUP/ UP:
65,00 Euros |
Público em Geral: 75,00 Euros |
Seguro escolar: 2,00 Euros |

INSCRIÇÕES ATÉ 21 DE MARÇO DE 2016

Candidaturas e Inscrição

Para candidatar-se, selecione a opção INSCRIÇÕES ONLINE

Introdução:

Formação teórico-prático de pequena duração onde se apresenta a importância da luz na pintura, nomeadamente o modo como esta está associada a alguns movimentos artísticos e qual a sua participação na construção de formas e na acentuação expressiva e emocional das pinturas. O Workshop será constituído por aulas teóricas e pequenos exercícios práticos de demonstração de alguns dos fenómenos tratados. Alguns exemplos a apresentar são Caravaggio, Corot, Monet, Matisse, Chirico, bem como autores do universo da fotografia e do vídeo. Os exercícios práticos constituem-se como atos empíricos de compreensão dos conceitos apresentados, maioritariamente em desenho. A participação será aberta a todos, com ou sem formação artística.

Programa:

1- Introdução teórica
– A luz como elemento essencial para a descrição das formas
– Alguns exemplos na história da arte
– Experimentação prática (recurso a um candeeiro e um espelho para observação das alterações da interpretação da forma através da mudança da direção e tipologia lumínea)

2- A luz e a narrativa (aula teórica)
– O modo como a luz afeta a descrição e narrativa das formas
– Experimentação prática (desenho)
3- A luz e a emoção (aula teórica)
– Como interfere a luz na carga emocional apresentada pelas formas (dramatismo e harmonia)
– Experimentação prática (desenho)
4- A luz e o simbolismo (aula teórica)
– Sublime, transcendente, metafísico e surreal
– Experimentação prática (desenho)

—————

INFORMAÇÕES:

Número Máximo de Participantes: 20 (vinte)

A SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS É FEITA PELA ORDEM DE VALIDAÇÃO DAS INSCRIÇÕES.

Avaliação:

As metodologias de ensino são de ordem expositiva (teórica), sendo posteriormente realizada uma aprendizagem centrada na experimentação prática, o que demonstrará a aplicabilidade dos assuntos apresentados.
Prevendo-se um grupo heterogéneo, com níveis de conhecimento e domínio técnico diversificados, todo o acompanhamento será realizado de modo individual, principalmente durante a realização de exercícios práticos.
Dado o teor do curso, os resultados não serão avaliados pela sua qualidade técnica, mas pela demonstração da aplicabilidade dos conteúdos teóricos. A avaliação será contínua, contando no final com uma avaliação geral dos trabalhos de forma a classificar os conhecimentos adquiridos e evolução, sustentada nos seguintes parâmetros:
Assiduidade, Participação/motivação, Sentido crítico. Qualidades plásticas: domínio e aplicabilidade dos conteúdos teóricos.A Avaliação será feita numa escala de 0 a 20 valores.

 

Bibliografia:

BELL Julian; What is painting ?. ISBN: 0-500-28101-7
MAYER Ralph;The artist’s handbook of materials and techniques. ISBN: 0-571-11693-0
MAYER Ralph; Materiales y técnicas del arte. ISBN: 84-87756-17-4
PUTTFARTEN Thomas; The discovery of pictoral composition. ISBN: 0-300-08156-1
SMITH Ray; Manual Prático do Artista, Civilização Editores, 2006. ISBN: 989-550-125-0

 

Anúncios

One Comment

Os comentários estão fechados.