ANÁLISE E CRIAÇÃO DE PERSONAGENS NARRATIVAS

ANÁLISE E CRIAÇÃO DE PERSONAGENS NARRATIVAS

Horário: 05 sessões (14 Horas) de 09 de maio a 13 de junho de 2017 (terças) | Pós-laboral (18h00 > 21h00)

CURSO LIVRE

Formadora: Guilhermina Castro

Maria Guilhermina Castro (Porto, 1973) licenciou-se e doutorou-se em Psicologia pela Universidade do Porto, possuindo formação avançada em Direção de Psicodrama e em Psicoterapia e Orientação Vocacional. É docente na Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa (UCP) desde 1998, e investigadora integrada no Centro de Investigação para a Ciência e Tecnologia das Artes (UCP), no qual coordena atualmente o projeto “Narrativa e Criação Audiovisual”. Maria Guilhermina é co-responsável pelo Grupo de Trabalho “Narrativas Audiovisuais” da Associação de Investigadores da Imagem em Movimento e organiza conferências e outros eventos na área audiovisual. Os diferentes estudos que tem realizado, desde 1996, foram publicados através de artigos científicos e de comunicações em múltiplos congressos nacionais e internacionais. Participou como atriz em trabalhos como “O Coveiro” de André Gil Mata, premiado no Festival Motel X 2013. Maria Guilhermina é autora de livros de Psicologia e foi psicóloga em diversas instituições públicas e privadas, entre 1995 e 2003.

Destinatários: Educadores de Infância  e Professores do 1.º ciclo do E.B.; estudantes e profissionais interessados na análise e criação de personagens e narrativas, tais como artistas (Artes Plásticas, Literatura, Cinema, Animação, etc.), docentes (de Artes, Línguas, História, etc.), profissionais da comunicação (Jornalismo, Publicidade, etc.), entre outros.

Propinas:
Inscrição:
50% do valor abaixo indicado (deduzido ao mesmo)
Estudantes, Docentes e Funcionários UP/FBAUP:  85,00 Euros |
Público em Geral: 105,00 Euros |
Seguro escolar: 2,00 Euros |

Candidaturas e Inscrição

Para candidatar-se, selecione a opção INSCRIÇÕES ONLINE

Objetivos gerais do curso/unidade de formação:

O curso pretende promover as capacidades de: (a) analisar personagens de modo profundo; (c) criar personagens  profundas e credíveis; (c) analisar cursos narrativos; (d) criar cursos narrativos apelativos e verosímeis; (e) conhececer referenciais teóricos diversos, com consciência crítica; (f) utilizar estratégias de busca da ideia que são criativamente mais profícuas ao formando.

Conteúdos programáticos:

  1. (4 horas) Conceitos básicos. Estratégias de criação de personagens e narrativas baseadas em processos mentais distintos: intrapessoais, interpessoais, contextuais, corporais, visuais, sonoros, verbais, funcionais, etc.
  2. (4 horas) Arquétipos de narrativa e de personagens, segundo Vogler e Jung: função dramática e fundamentação psicanalítica.
    2.1. Estrutura clássica da narrativa e viagem do herói mítico.
    2.2. Principais personagens arquetípicas: herói; vilão e sombra; metamorfo, animus e anima; mentor; guardião; trickster; mensageiro
  3. (2 horas) Personagens realistas – análise da estrutura de personalidade a partir do modelo de Guidano: motivações, conflitos internos, backstory relacional, evolução desenvolvimental, relação com outras personagens e contextos de vida;
  4. (2 horas) Estruturas alternativas ao paradigma clássico: estruturas não lineares, circulares, em mosaico, emolduradas, polifónicas.
  5. (2 horas) Criação da narrativa a partir da personagem (projeção e transformação) e da personagem a partir da narrativa (função). Símbolo e projeção na construção de personagens e narrativas, do real ao mítico.

Informações

Modo de pagamento:

Taxa de inscrição: paga no ato da inscrição. SEM ESTE PAGAMENTO A INSCRIÇÃO NÃO É CONSIDERADA.

Propina e seguro escolar: pagos até data anterior ao início do curso.

A frequência desta unidade de formação pressupõe o pagamento integral dos valores associados à mesma antes da sua data de início.

Número mínimo de participantes: 13 (TREZE)
Número máximo de participantes: 20 (VINTE)

A SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS É FEITA PELA ORDEM DE VALIDAÇÃO DAS INSCRIÇÕES.

Certificação:

Quando solicitado, aos  participantes será emitido:

– um certificado de frequência.

A emissão e atribuição de qualquer tipo de certificado estão condicionadas à frequência do curso/ unidade de formação (mínimo 75%) não excedendo o limite de faltas.

No caso de o formando exceder o limite de faltas, não tem direito a qualquer certificado.

O pedido de emissão de certificado é feito por escrito e a emissão está sujeita a pagamento de emolumentos no valor representado na tabela em vigor.

BIBLIOGRAFIA PRINCIPAL:

Berg, C. R. (2006). A taxonomy of alternative plots in recent films: Classifying the “Tarantino effect”. Film Criticism, 31(1-2), 5-61.
Chekhov, M. (1996/1953). Para o ator. São Paulo: Martins Fontes.
Guidano, V. F. (1987). The complexity of the self: A developmental approach to psychopathology and therapy. New York: The Guilford Press.
Pio Abreu, J. L. (2006). Como tornar-se doente mental. Coimbra: Quarteto.
Vogler, C. (1992). The writer’s journey: Mythic structure for storytellers and screenwriters. Ann Arbor: Braun-Brumfield.
Waldeback, Z. & Batty, C. (2012). The creative screenwriter: Exercises to expand your craft. London: Methuen Drama, Bloomsbury Publishing.

Anúncios