INSCRIÇÕES ENCERRADAS! 2.ª EDIÇÃO INICIAÇÃO À ILUSTRAÇÃO: DA METÁFORA LITERÁRIA À METÁFORA VISUAL

INICIAÇÃO À ILUSTRAÇÃO: DA METÁFORA LITERÁRIA À METÁFORA VISUAL

* SEM VAGAS! *

Horário: 7 sessões (20 Horas) de 09 junho a 28 de julho de 2017 (sex.) | Pós-laboral (19h00 > 22h00)

Créditos: 2, 5 Créditos ECTS

Formadora: Constança Araújo Amador

Coordenador Científico: Professor Doutor Rui Vitorino Santos

CONSTANÇA ARAÚJO AMADOR

Constança Araújo Amador vive no Porto. Mestre em Ilustração e Animação, Pós-Graduada em Gestão Cultural e Licenciada em Artes Plásticas – Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Frequentou a AVU – Akademie Vytvarnych Umeni v Praze, em Praga, República Checa. Expõe desde 2006 e desenvolve o seu trabalho de ilustração para livros, jornais e revistas, montras e murais, a partir da Poesia Contemporânea Portuguesa. Poetas como Ruy Belo, Mário Cesariny, Herberto Helder e Daniel Faria são o seu ponto de partida, da palavra à mancha de aguarela. Foi diretora de ilustração do Jornal Universitário do Porto.
Orienta e realiza oficinas de artes visuais e ilustração e é Monitora do Serviço Educativo no Núcleo de Arte da Oliva Creative Factory, em São João da Madeira

website: www.aconstanca.com
facebook: www.facebook.com/aConstanca

Destinatários:
Maiores de 18 anos. Estudantes de design e artes; graduados na área de design, ilustração e artes; outros interessados com frequência universitária (preferencialmente). Público em Geral com interesse pela área.

Propinas:
Inscrição: 50% do valor da propina (deduzido ao valor abaixo indicado)
Estudantes, Docentes e Funcionários UP/FBAUP: 100,00 Euros |
Público em Geral:  125,00 Euros |
Seguro escolar: 2,00 Euros |

INSCRIÇÕES ATÉ 26 DE MAIO DE 2017

Candidaturas e Inscrição

Para candidatar-se, selecione a opção INSCRIÇÕES ONLINE

Conteúdos Programáticos

Sessão I

  • Apresentação do curso, objectivos e propostas a serem desenvolvidas;
  • Introdução à Ilustração – contextualização histórica às múltiplas práticas atuais;
  • Exercício prático

Sessão II

  • Tipos de ilustração;
  • Suportes e materiais, alternativas e soluções;
  • A ilustração e as suas técnicas;
  • Questões e decisões práticas;
  • O Desenho: o ponto, a linha, a mancha e a personagem na Ilustração;
  • Exercício Prático

Sessão III

  • Noções e conceitos – a Metáfora Literária e a Metáfora Visual;
  • Relação entre a Palavra e a Imagem;
  • A palavra, o conto, o texto, a poesia, as notícias;
  • Exercício prático

Sessão IV

  • Métodos de planeamento, organização, elaboração e desenvolvimento de um projeto;
  • Público-alvo e objectivos;
  • Características de apresentação;
  • Como organizar uma exposição de ilustração;
  • Ferramentas e formas de comunicação – a partilha nas redes sociais;
  • O mercado;
  • Iniciação das propostas de projeto

Sessão V e VI

Desenvolvimento de projeto

Sessão VII

Apresentações de projetos

—–

Informações

Modo de pagamento:

Taxa de inscrição: paga no ato da inscrição. SEM ESTE PAGAMENTO A INSCRIÇÃO NÃO É CONSIDERADA.

Propina e seguro escolar: pagos até data anterior ao início do curso.

A frequência desta unidade de formação pressupõe o pagamento integral dos valores associados à mesma antes da sua data de início.

Número máximo de participantes: 12 (DOZE)

Necessidades a colmatar pelos participantes: a lista de materiais será dada a conhecer na primeira sessão.

A SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS É FEITA PELA ORDEM DE VALIDAÇÃO DAS INSCRIÇÕES.

POR QUESTÕES DE LOGÍSTICA, NÃO SERÁ PERMITIDO AOS PARTICIPANTES PERMANECER NAS INSTALAÇÕES DA FACULDADE APÓS AS 23H00. SOLICITA-SE, POR ISSO, QUE TOMEM AS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS PARA QUE QUESTÕES DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO DE MATERIAIS FIQUEM RESOLVIDAS ATEMPADAMENTE A FIM DE SE OBSERVAR ESTA CONDIÇÃO.

Método de Avaliação:

  1. Assiduidade;
  2. Participação (inclui também avaliação aos exercícios propostos em cada sessão);
  3. Projeto
    1. Teórico
    2. Pesquisa e fundamentação teórica sobre uma seleção projetual a partir de referências documentais, estéticas e narrativas;
    3. Projeto prático;
    4. Desenvolvimento de uma série de trabalhos de ilustração como projeto autoral;
    5. Resultado e Apresentação.

Critérios de avaliação e percentagens associadas:

  1. Assiduidade 10%
  2. Participação (medida através de observação direta no decurso das sessões) 30%
  3. Trabalho Individual (60%):
  • Proposta: 15%,
  • Desenvolvimento do projeto individual: 35%,
  • Resultados: 10%

A classificação final é feita numa escala de 0 a 20. A aprovação, a verificar-se, é feita numa escala positiva de 10 a 20 (conforme consta do Regulamento de Criação, Acreditação Interna e Creditação dos Cursos de Formação na Área de Educação Contínua da UP).

Certificação:

Aos  participantes será emitido:

– um certificado de formação contínua com classificação quantitativa e créditos.

A prova de habilitação académica superior, quando solicitada, é da exclusiva responsabilidade do formando e tem de ser apresentada até data anterior ao início do curso.

Aos participantes que desejem frequentar o curso na vertente LIVRE será emitido:

– um certificado de frequência.

A opção dos formandos de frequentar este curso na vertente livre é tomada impreterivelmente em data anterior ao início do curso, e comunicada por escrito através de preenchimento de formulário próprio.

A emissão e atribuição de qualquer tipo de certificado estão condicionadas à frequência do curso/ unidade de formação (mínimo 75%) não excedendo o limite de faltas.

No caso de o formando exceder o limite de faltas e/ou não obter aproveitamento após processo avaliativo, não tem direito a qualquer certificado.

O pedido de emissão de certificado é feito por escrito e a emissão está sujeita a pagamento de emolumentos no valor representado na tabela em vigor.

BIBLIOGRAFIA

ALDRICH, Virgil C. (1968). Visual Metaphor: Author(s): Journal of Aesthetic Education, Vol. 2, No. 1. University of Illinois;
AMARAL, Patrícia Matos (2003). Do Paradigma ao Modelo – A relevância da metáfora para a compreensão do processo interpretativo. Coimbra: Edições Colibri, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra,
BABO, Maria Augusta (2013). O Poder da Metáfora – Cadernos de Teorias da Arte: Arte_e_Signo (Série Geral 1). Porto: Universidade Católica do Porto;
BABO, Maria Augusta (2005). A dimensão imagética da metáfora – Revista de Comunicação e Linguagens – Retórica XXXVI. Lisboa: Relógio d’Água/CECL;
BARTHES, Roland (1977). Image, Music, Text. London: Fontana Press;
CANTINHO,  Maria João (2011). O voo suspenso do tempo: estudo sobre o conceito de imagem dialéctica na obra de Walter Benjamin. Lisboa: Imagem e Pensamento;
CARRIÓ & FERRER, Pep & Isidro (2013). Pensar con las manos. Valêcia: Universitat Politècnica de Valencia
CARROLL, Noël (2001). Beyond Aesthetics: Philosophical Essays. Cambridge: University Press;
FLUFERNIK, Monika & FREEMAN, Donald C. & FREEMAN, Margaret H. (1999). Metaphor and Beyond: An Introduction
Author(s): Reviewed work(s): Poetics Today, Vol. 20, No. 3, Metaphor and Beyond: New Cognitive Developments;
HUYGHE, Réne (1998). O Poder da Imagem. Lisboa, Edições: 70;
LAKOFF, George & JOHNSON, Mark (1980). Metaphors We Live By – Language, Thought, and Culture, University of Chicago Press: 1427;
MARTINS, Moisés de Lemos & MIRANDA, José Bragança de & OLIVEIRA, Madalena, GODINHO, Jacinto (eds.) (2011). Imagem e Pensamento, Coimbra: Grácio Editor;
MONDZAIN, Marie José (2007). Homo Spectator De la fabrication à la manipulation des images. França : Éditions Bayard;
PALAVRAS REUNIDAS, XVIII Encontro de Literatura para Crianças, Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian;
RANCIÈRE, Jacques (2011). O Destino das Imagens. Lisboa: Orfeu Negro;
RICOEUR, Paul (1983). Metáfora viva. Porto: Rés Editora;
SHULEVITZ, Uri (1997). Writing with pictures: how to write and illustrate children’s books. New York: Watson-Guptill.

Anúncios