INSCRIÇÕES ENCERRADAS! DESENVOLVIMENTO DE PERSONAGENS

*INSCRIÇÕES ENCERRADAS!*

DESENVOLVIMENTO DE PERSONAGENS

Horário: 6 sessões (18h) | de 07 a 23 de março de 2018 (qua. e sex.) | Pós-laboral (19h00 > 22h00)

Créditos: 2 créditos ECTS (aguarda creditação)

Formadora: Sofia Neto

Responsável Científico: Professor Doutor Miguel Leal

Sofia Neto
(S. João da Madeira, 1989) estudou Belas Artes – Multimédia na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e tem um mestrado em Banda Desenhada pela École Européene Supérieure de l’Image em Angoulême. Autoeditou diversos zines a solo em 2014: 789, Vial e Kra KraColaborou com o Jornal Único, órgão de comunicação social de São João da Madeira, no qual se publicou a BD A Ronda (2014-5). Participou nas antologias da Chili Com Carne QCDA 2000 e Malmö Kebab Party, bem como no zine coletivo O Clemente #1 de Los Hermanos Brothers (2015). Coeditou os zines Carne e Osso #1 (2015) e 2 (2016). A Mundo Fantasma editou a sua BD Down Below em 2015 e Eco em 2016. Faz parte da Comissão Organizadora do Encontro Internacional de Ilustração de S. João da Madeira, que este ano tem a sua 10.ª edição. Atualmente, dá aulas na ESAG – Escola Superior Artística de Guimarães.

https://bandasdesenhadas.com/2017/05/30/bizarras-sofia-neto/
https://www.linkedin.com/in/sofia-neto-98882834/
http://cargocollective.com/sofiacoreneto/

Destinatários:
Idade igual ou superior a 18 anos.
Estudantes e profissionais de Artes Plásticas e Comunicação Visual;
Público geral com formação comprovada em desenho.

Propinas (VER CONDIÇÕES DE PAGAMENTO):

Estudantes, Docentes e Funcionários da FBAUP/ UP: 75,00 Euros |
Público em Geral: 90,00 Euros |
Seguro escolar: 2,00 Euros |

INSCRIÇÕES ATÉ 21 FEVEREIRO DE 2018

Inscrição: selecione a opção INSCRIÇÕES ONLINE (disponível apenas a partir de 01 de Fevereiro de 2018)

Apresentação
O desenvolvimento de personagens para meios narrativos visuais resume-se muitas vezes a uma procura de caracterização física e de alguns traços de personalidade, reduzindo as personagens a construções frágeis e superficiais. A análise de abordagens de autores de diversos meios (banda desenhada, literatura, jogos, cinema de animação), a observação de personagens de várias naturezas em contexto e a colocação em prática de diferentes métodos e pontos de partida procuram oferecer aos participantes as ferramentas para desenvolverem conscientemente personagens ricas, originais e pluridimensionais.

 

No final da unidade de formação, os formandos serão capazes de:
– Reconhecer os meios nos quais a criação de personagens representa uma prática importante;
– Reconhecer abordagens e estratégias de desenvolvimento de personagens de diferentes autores em diferentes meios;
– Identificar arquétipos e estereótipos em personagens;
– Reconhecer a importância da personagem na evolução de uma narrativa;
– Criar personagens singulares e grupos de personagens pluridimensionais de maneira consciente.

Contéudos programáticos

  • A personagem em diferentes meios narrativos
  • Noções de desenho de figura e uso de referências
  • Para além do anamórfico – transfigurações
  • O desenho como ponto de partida
  • A história como ponto de partida
  • Dimensão interior – estratégias e uso de referências
  • Manifestações de personalidade – Pose, expressão e atitude
  • Adereços – o uso de indícios
  • Técnicas e materiais
  • A personagem em contexto

Material (necessidades a colmatar pelo participante):
Cada participante deve ter um caderno para desenvolvimento de projeto, papel A3 de desenho e material de desenho variado (lápis de grafite, canetas, marcadores, pincéis, tintas de água, lápis de cor).

Imagem: (c) Sofia Neto

———–

Informações

Condições de pagamento:

50% do valor total da propina: paga no ato da inscrição. SEM ESTE PAGAMENTO A INSCRIÇÃO NÃO É CONSIDERADA.

Valor remanescente da propina: paga até data anterior ao início da unidade, após confirmação de constituição de turma.

Número máximo de participantes: 15 (QUINZE)

A SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS É FEITA PELA ORDEM DE VALIDAÇÃO DAS INSCRIÇÕES.

POR QUESTÕES DE LOGÍSTICA, NÃO SERÁ PERMITIDO AOS PARTICIPANTES PERMANECER NAS INSTALAÇÕES DA FACULDADE APÓS AS 23H00. SOLICITA-SE, POR ISSO, QUE TOMEM AS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS PARA QUE QUESTÕES DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO DE MATERIAIS FIQUEM RESOLVIDAS ATEMPADAMENTE A FIM DE SE OBSERVAR ESTA CONDIÇÃO.

Metodologias de Ensino

Cada sessão consiste de dois momentos: um expositivo em que se apresentam conteúdos teóricos; um ativo em que se realizam exercícios relativos a esses conteúdos, ora práticos, ora de análise e reflexão. Uma parte da unidade será dedicada ao desenvolvimento de projetos individuais.

Critérios de avaliação e percentagens associadas:

A avaliação é contínua, tendo em consideração assiduidade, participação e trabalho individual, na forma de exercícios realizados nas sessões e de um projeto individual.
A avaliação é quantitativa, resultando num valor de 0 a 20.
Aos critérios mencionados acima, correspondem as seguintes percentagens:
Assiduidade: 15%,
Participação: 35%,
Trabalho individual: 50%

A aprovação do formando, a verificar-se, é feita numa escala positiva de 10 a 20 (conforme consta do Regulamento de Criação, Acreditação Interna e Creditação dos Cursos de Formação na Área de Educação Contínua da UP).

Certificação:

Aos  participantes será emitido:

– um certificado de formação contínua com avaliação (classificação quantitativa) e créditos.

A prova de habilitação académica superior ou de certificação de conhecimentos/ competências, quando solicitada, é da exclusiva responsabilidade do formando e tem de ser apresentada até data anterior ao início do curso.

Aos participantes que desejem frequentar a unidade de formação na vertente LIVRE (SEM AVALIAÇÃO E SEM CRÉDITOS) será emitido:

– um certificado de frequência.

A opção dos formandos de frequentar esta unidade de formação contínua na vertente livre é tomada impreterivelmente em data anterior ao início do curso, e comunicada por escrito em formulário próprio.

A emissão e atribuição de qualquer tipo de certificado estão condicionadas à frequência do curso/ unidade de formação (mínimo 75%) não excedendo o limite de faltas. Para efeito de confirmação de falta será considerada uma tolerância de 15 minutos.

Os formandos que reprovarem por falta de assiduidade só serão considerados para unidades de formação futuras caso haja vagas sobrantes.

Os formandos que reprovarem por falta de assiduidade só serão considerados para unidades de formação futuras caso haja vagas sobrantes.

No caso de o formando exceder o limite de faltas e/ou não obter aproveitamento após processo avaliativo, não tem direito a qualquer certificado.

O pedido de emissão de certificado é feito por escrito e a emissão está sujeita a pagamento de emolumentos no valor representado na tabela em vigor.

BIBLIOGRAFIA (DOCUMENTAÇÃO DE APOIO):
Mcloud, Scott , Understanding Comics: The Invisible Art, 1993
Mcloud, Scott, Making Comics: Storytelling Secrets of Comics, Manga and Graphic Novels, 2006
Wood, James, How Fiction Works, Farrar, Straus and Giroux, 2008
Corbett, David, The Art of Character, Penguin Books, 2013

Anúncios