WORKSHOP DE TÉCNICAS DE DESENHO

WORKSHOP DE TÉCNICAS DE DESENHO


Carga horária: 06 módulos | sessões (18 horas)
Calendário: de 03 a 17 de julho 2021 (sábados)
Horário: 09h30 > 12h30 | 14h30 > 17h30
Regime: presencial
Língua de comunicação: Português (PT)
Local de realização: Parque da Cidade (a confirmar)
Prazo para inscrições: 18 de junho de 2021

WORKSHOP LIVRE (SEM CRÉDITOS e SEM CERTIFICADO)

Formador: António Gonçalves

Frequentou a Escola Artística de Soares dos Reis, Porto. Licenciatura em Artes Plásticas – Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Frequentou a Faculdade de Belas Artes de Cuenca, Espanha, ao abrigo do Projeto Erasmus 1998/ 1999. Doutorado em História da Arte, pela Universidade de Les Illes Balears, em Palma de Maiorca. Foi Professor na ESAP, extensão de Guimarães, de 2001 a 2014. Diretor Artístico da Fundação Cupertino de Miranda Vila Nova de Famalicão entre 2002 e 2018. Diretor artístico da Galeria Municipal Ala da Frente, Vila Nova de Famalicão, desde 2015. Artista Plástico. Em 2017, teve exposto no Centro Cultural de Belém a sua “contemplação particular” sobre as “Tentações de Santo Antão” , na Praça CCB (https://www.ccb.pt/Default/pt/Programacao/ConferenciasCursosEOutros?a=1042).

www.oantoniogoncalves.com

Destinatários:
Todos os interessados na prática do desenho, com conhecimentos básicos, com capacidade para frequentar o Ensino Superior.

Se já tem um número de utilizador SiGARRA  e endereço de email institucional, certifique-se de que as suas credenciais são válidas. Caso necessite de novas credenciais, envie pedido para helpdesk@uporto.pt. Todos os contactos encetados por este Gabinete posteriores à submissão do formulário, no caso dos utilizadores SIGARRA com conta INSTITUCIONAL, serão enviados EXCLUSIVAMENTE para a caixa de correio institucional.

MÓDULO 1: TINTA DA CHINA (03 de Julho | 09h30 > 12h30)
Tinta-da-china (3 h)
Uma técnica que usa a tinta-da-china como base, uma tinta que, com água, permite uma gama muito grande de diluição e com isto uma ampla gradação de tons cinza.

Materiais:  Tinta-da-china, pincel, aparo, cana biselada, prancheta, recipientes para água e godés, papel aguarela ou papel que suporte meios líquidos (200g no mínimo) em folhas soltas ou caderno de pequeno formato (diário gráfico), estojo com materiais habituais, papel ou pano para limpeza, molas metálicas para prender papel, garrafa de água .

MÓDULO 2: ECOLINE (03 de Julho | 14h30 > 17h30)
Ecoline (3h)
Tinta muito transparente, da família das aguarelas, não é muito resistente à luz. Permite criar manchas com cores intensas.

Materiais: Ecoline, pincel, aparo, cana biselada, prancheta, recipientes para água e godés, papel aguarela ou papel que suporte meios líquidos (200g no mínimo) em folhas soltas ou caderno de pequeno formato (diário gráfico), estojo com materiais habituais, papel ou pano para limpeza, molas metálicas para prender papel, garrafa de água .

MÓDULO 3: AGUARELA (10 de Julho | 09h30 > 12h30)
Aguarela (3h)
Técnica que usa pigmentos muito finos que se dissolvem com água. Permite trabalhar transparências e sobreposições cromáticas muito cuidadas e de uma envolvência muito particular.

Materiais: Aguarelas, pincéis, prancheta, recipientes para água e godés, papel aguarela ou papel que suporte meios líquidos (200g no mínimo) em folhas soltas ou caderno de pequeno formato (diário gráfico), estojo com materiais habituais, papel ou pano para limpeza, molas metálicas para prender papel, garrafa de água .

MÓDULO 4: TÉCNICAS MONOCROMÁTICAS (10 de Julho | 14h30 > 17h30)
Técnicas monocromáticas (grafite, carvão, tinta-da-china, uso de marcadores com ponta de pincel) (3h)
Utilização de meios de diferentes características para que, em articulação, possam trabalhar uma única base cromática. Exploração do claro escuro e das suas potencialidades de análise do espaço e da expressão.

Materiais: Ecoline, pincel, aparo, cana biselada, grafite, carvão, tinta-da-china, uso de marcadores com ponta de pincel, prancheta, recipientes para água e godés, papel aguarela ou papel que suporte meios líquidos (200g no mínimo) em folhas soltas ou caderno de pequeno formato (diário gráfico), estojo com materiais habituais, papel ou pano para limpeza, molas metálicas para prender papel, garrafa de água .

MÓDULO 5: TÉCNICAS POLICROMÁTICAS (17 de Julho | 09h30 > 12h30)
Técnicas policromáticas (pasteis secos, aguarelas, lápis de cor) (3h)
As possibilidades de estudar a cor e as suas aplicações a partir das diferentes técnicas e materiais. Uma forma de enriquecer o desenho e de lhe conferir uma outra amplitude plástica e visual.

Materiais: Ecoline, pincel, aparo, cana biselada, grafite, carvão, tinta-da-china, uso de marcadores com ponta de pincel, pasteis secos, aguarelas, lápis de cor, prancheta, recipientes para água e godés, papel aguarela ou papel que suporte meios líquidos (200g no mínimo) em folhas soltas ou caderno de pequeno formato (diário gráfico), estojo com materiais habituais, papel ou pano para limpeza, molas metálicas para prender papel, garrafa de água .

MÓDULO 6: TÉCNICAS HÚMIDAS E SECAS (17 de Julho | 14h30 > 17h30)
Técnicas húmidas e secas (tinta-da-china, aguarela, lápis de cor, ecoline, pastel seco) (3h)
Aumentar as relações com os meios técnicos e perceber que essa articulação devolve maior leque de possibilidades. Uma boa gestão de meios e técnicas pode dar uma resposta muito cuidada, permitindo uma abertura do entendimento do desenho e das suas potencialidades.

Materiais: Ecoline, pincel, aparo, cana biselada, grafite, carvão, tinta-da-china, uso de marcadores com ponta de pincel, pasteis secos, aguarelas, lápis de cor, prancheta, recipientes para água e godés, papel aguarela ou papel que suporte meios líquidos (200g no mínimo) em folhas soltas ou caderno de pequeno formato (diário gráfico), estojo com materiais habituais, papel ou pano para limpeza, molas metálicas para prender papel, garrafa de água .

Sendo a atividade ao ar livre, recomenda-se o uso de roupa e calçado adequados às condições climatéricas, bem como chapéu e protetor solar. Os materiais estão a cargo de cada participante.

Propinas:
Estudantes, Docentes e Funcionários da FBAUP/ UP:
 20,00 Euros cada módulo |
Alumni FBAUP/ ESBAP: 20,00 Euros cada módulo |
Público em Geral: 20,00 Euros cada módulo |

Apresentação:

Constituído por seis módulos independentes dedicados a meios aquosos e secos para a prática do desenho, este workshop tem como objetivos:
– experimentar técnicas com o intuito de explorar o desenho como meio para captar os lugares com os quais nos relacionamos;
– explorar diferentes técnicas por módulo;
– proporcionar a criação e uso do diário gráfico como um suporte de base para desenvolver o trabalho.

INSCRIÇÕES: ABERTAS
DATA LIMITE:  18 DE JUNHO 2021 (ou anterior, caso as vagas estejam preenchidas)
Formulário de inscrição disponível aqui.

INDIQUE NO FORMULÁRIO QUAL O MODULO EM QUE SE INSCREVE (campo: Curso/ Unidade de Formação a que se candidata)

Imagem: images.pexels.com

Informações

Condições de pagamento:

Valor da propina e seguro escolar: pagos no ato da inscrição. SEM ESTE PAGAMENTO A INSCRIÇÃO NÃO É CONSIDERADA.

A frequência de cada workshop pressupõe o pagamento do valor a ele associado antes da respetiva data de início.

Número mínimo de participantes: 10 (DEZ)
Número máximo de participantes:  15 (QUINZE)

A SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS É FEITA PELA ORDEM DE VALIDAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

BIBLIOGRAFIA/ DOCUMENTAÇÃO DE APOIO:
ARNHEIM, Rudolf (1989). Arte & percepção visual ; uma psicologia da visão criadora. São Paulo : Liv.Pioneira Ed.
MASLEN, Mick (2011). Drawing Projects. An Exploration of the Language of Drawing
MOLINA, Juan José Gómez (2002). Estrategias del dibujo en el arte contemporâneo. Madrid : Cátedra
ITTEN, Johannes (1990). Arte de la couleur. Ravensburg : Dessain et Tolra
KANDINSKY, Wassily (1998). Gramática da criação. Lisboa : Ed.70
MAYER, Ralph (1996). Manual do artista de técnicas e materiais. São Paulo : Martins Fontes.
BERGER, John (1980). Modos de Ver. Barcelona: GG