ECO-ARTE TÊXTIL CONTEMPORÂNEA

Carga horária: 06 sessões (24 horas)
Calendário:
de 05 de março a 09 de abril 2022(sábado)
Horário:
manhãs (09h00 > 13h00)
Regime:
ensino presencial
Língua de comunicação:
Português (PT)
Prazo para inscrições:
19 de fevereiro de 2022

Curso Livre

Formadoras: Joana Alves e Vânia Pimenta
Supervisão Científica: Professor Doutor Antero Ferreira

Destinatários: Estudantes, candidatos com nível de formação com grau académico universitário (1º, 2º e 3º ciclos de estudos) e público em geral com capacidade para frequentar o Ensino Superior.

Pré-requisitos:
Espera-se que os candidatos tenham competências intermédias de Informática ao nível do utilizador que lhes permitam trabalhar autonomamente com o SiGARRA e com o WEBMAIL FBAUP.

Se já esteve inscrito na U.Porto, tem um número de utilizador SiGARRA  e endereço de email institucional atribuídos. Certifique-se de que as suas credenciais são válidas. Todos os contactos encetados por este Gabinete posteriores à submissão do formulário, no caso dos utilizadores SIGARRA com conta institucional, serão enviados EXCLUSIVAMENTE para a caixa de correio institucional.

CONDIÇÕES DE INSCRIÇÃO E DE FREQUÊNCIA:
– CAPACIDADE PARA FREQUENTAR O ENSINO SUPERIOR;
– COMPROVATIVO DE HABILITAÇÃO LITERÁRIA.

Nota:
ESTUDANTES COM INSCRIÇÃO ATIVA EM 2021/ 2022 EM CURSOS DE 1.º, 2.º OU 3.º CICLOS NA U.PORTO ESTÃO ISENTOS DE APRESENTAÇÃO DE COMPROVATIVO DE HABILITAÇÃO LITERÁRIA.

Apresentação:
Neste curso pretende-se que os formandos, concluídas as suas aprendizagens, sejam capazes de reconhecer e identificar as diversas técnicas passíveis de serem aplicáveis na Eco-arte têxtil contemporânea. Será promovido o interesse para a descoberta do património etnográfico e cultural português, bem como o incentivo à criação de Eco-Arte Têxtil Sustentável, como meio de realização pessoal, artístico e de projeto de autor, revitalizando o conceito de artesão.

Programa:
Sessão 1: Abordagem teórica:

•          Etnografia popular portuguesa

•          Realidade sustentável industrial têxtil

•          Arte têxtil contemporânea

Sessão 2: Visita de Estudo ao Museu da Moda e do Têxtil em Gaia (a deslocação é da responsabilidade de cada participante);

Sessão 3: Técnicas e Materiais de Eco-Tingimentos Sustentáveis;

Sessão 4: Técnicas e Materiais de Eco-Estampagem;

Sessão 5: Enriquecimento têxtil com elementos reciclados, recicláveis e/ou ecológicos externos;

Sessão 6: Reflexão crítica e apresentação individual de projetos.

Necessidades a colmatar pelos participantes:
•Material básico, tal como: tintas acrílicas, especiarias, tecido 100% algodão, tecidos de linho, tesoura, lápis de grafite, aguça, cola UHU, cola branca, cola têxtil transfer, proteção do vestuário, panos ou farrapos, fio do norte, linhas de crochet, impressões a cores lazer e jet tinta, lixívia, sal de culinária, papel vegetal culinária, tintas têxteis de relevo, material de desperdício e reutilizável, entre outros;

•Cada formando deverá ter um dispositivo com acesso à internet.

Propinas:
Estudantes, Docentes e Funcionários UP/FBAUP:
180,00 Euros |
Alumni FBA | ESBAP: 194,00 Euros |
Público em Geral: 216,00 Euros |
Seguro Escolar: 2,00 Euros|

A inscrição pressupõe a leitura atenta do Regulamento do Gabinete de Formação Contínua

INSCRIÇÕES:
https://sigarra.up.pt/fbaup/pt/cand_geral.informacao_relevante_cans_view?pv_processo_id=887601

Imagem: (c) Joana Alves

Informações

Condições de pagamento:

Valor da propina: pago até data anterior ao início da formação.

A frequência desta formação pressupõe o pagamento integral dos valores associados à mesma antes da sua data de início.

Número mínimo de participantes: 10 (DEZ)
Número máximo de participantes: 15 (QUINZE)

A SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS É FEITA PELA ORDEM DE PAGAMENTO DO VALOR ASSOCIADO À FORMAÇÃO.

Critérios de avaliação e percentagens associadas:
– Assiduidade (15%): através dos registos de presença, sendo obrigatório assistir a pelo menos 75% das horas de contacto;
– Participação no contexto dos objetivos / efeitos a produzir (35%): através da observação direta no decurso das sessões da verificação da aplicação correta dos conhecimentos adquiridos;
– Portefólio/ projeto individual (50%), onde se consideram os critérios de cultura visual, sentido crítico e qualidades plásticas: domínio técnico, uso correto dos materiais, expressão, unidade plástica, criatividade.

A avaliação será contínua contando com uma apreciação qualitativa geral no final do curso, de modo a avaliar e analisar o conjunto dos conhecimentos e a evolução teórico-práticos, adquiridos ao longo da formação. A atribuição do resultado consequente da avaliação contínua global será A (aprovado)/ R (reprovado).

A não aprovação dos formandos pode resultar de:

  1. Assiduidade inferior a 75% do número de horas de contacto;
  2. A não apresentação do trabalho individual/ portefólio;
  3. Um valor médio de desempenho inferior a 50%.

Para efeito de confirmação de falta será considerada uma tolerância de 15 minutos.

Os formandos que reprovarem por falta de assiduidade só serão considerados para formações futuras caso haja vagas sobrantes.

Certificação:
Aos  participantes será emitido:
– um certificado de frequência.

O pedido de emissão de certificado é feito por escrito para formcontinua@fba.up.pt, no final da formação, após tomada de conhecimento da avaliação,  e  a emissão está sujeita a pagamento de emolumentos no valor representado nesta tabela em vigor.

BIBLIOGRAFIA/ DOCUMENTAÇÃO DE APOIO:
Galhano, F. (1985). Desenho etnográfico: Instituto de investigação científica centro de estudos de etnologia
Artesanato da região norte (1991) : instituto do emprego e formação profissional
Catálogo bienal contextile 2020 . bienal de arte têxtil contemporânea
Catálogo bienal contextile 2018 . bienal de arte têxtil contemporânea
View textile magazines . mode…information
Blossfeldt, K. (2001). Karl Blossfeldt: Taschen
Dormer, P & Turner, R. (1994). The New Jewelry: Thames and Hudson
Le Van, M. (2009). 500 Plastic Jewelry Designs: Lark Books Watkins, D. (2000). Design Sourcebook Jewellery: New Holland